Caldo de Vegetais Caseiro Para Congelar

A pegada principal do site é apresentar receitas que sirvam para uma ou duas pessoas e nessa levada eu imagino que além de receitas menores, as pessoas que seguem o blog também procuram por praticidade e rapidez no preparo. Receitas muito elaboradas ficam difíceis de serem realizadas durante a semana entre compromissos e a correria do dia a dia. Por isso eu uso e indico nas receitas soluções práticas como o uso de caldos prontos para preparos como risotos ou sopas.

Não acho que esse recurso seja pobre, mas o uso de um fundo de vegetais feito em casa e com total controle dos ingredientes usados e sem o uso de sal resulta em um prato com um sabor incrivelmente diferente daquele preparado com caldos industrializados.

caldo-de-vegetais-prato-pra-um

 

Fazer um fundo de vegetais demora de 3 a 4 horas e o resultado são pelo menos 4 litros de liquido. E ai você se pergunta: O que fazer com tanto fundo? Como consumir tudo em pouco tempo já que estamos abrindo mão de conservantes? Calma! Eu moro sozinha e costumo cozinhar somente para mim e entendo o seu problema. A solução nesse caso é congelar o caldo para usar aos poucos. Não vamos congelar todo o caldo junto em um só recipiente, mas vamos fracionar em porções de 1 litro, 500 ml, 250 ml e 100 ml. Assim fica fácil descongelar somente o que você vai usar em um risoto ou em uma sopa ou em qualquer outro tipo de receita.

O fundo de vegetais é o mais suave em questão de sabor e o que menos interfere no preparo das receitas por ser mais neutro. Não adicione sal no fundo, o sal deverá ser adicionado no preparo da receita que leva o fundo dependendo da necessidade.

Ingredientes: (4 litros)

Receita do livro 400 g Técnicas de Cozinha

  • 60 ml de óleo
  • 115 g de cebola picada
  • 115 g de alho-poró picado
  • 55 g de salsão picado
  • 55 g de cenoura picada
  • 55 g de nabo picado
  • 55 g de tomate picado
  • 3 dentes de alho
  • 4,5 litros de água fria
  • 1 sachet d´épices*
    • 1 folha de Louro
    • 3 a 4 grãos de pimenta-do-reino
    • talos de salsa
    • 1 talo de tomilho
    • 2 cravos-da-índia
    • ¼ de colher de chá de semente de erva doce

Preparo:

  1. Em uma panela aqueça o óleo e sue** os vegetais. Cubra com água fria*** e cozinhe em fogo baixo em fervura branda sem deixar entrar em ebulição total por pelo menos 2 horas.
  2. Junto o sachet d´épices e cozinhe por mais 30 ou 40 minutos.
  3. Coe, resfrie e guarde sob refrigeração para uso posterior. Antes de usar, retire a gordura da superfície com uma escumadeira.
  4. Divida o fundo em partes como 1 litro, 500 ml, 250 ml e 100 ml e coloque cada parte em um tupperware ou saco de congelar comida. Leve para o freezer para congelar e não esqueça de identificar cada recipiente com o tipo de caldo, quantidade e dada de cozimento.

sachet-d-epice

* O sachet d´épice é um recurso para adicionar sabor de ervas e especiarias ao fundo. Coloque os ingredientes do sachet em uma gaze e amarre com um cordão formando um sachê. Coloque um cordão grande para poder amarrar o sachê no cabo da panela.

** Suar os vegetais em óleo significa que os vegetais devem ficar macios, mas sem dourar.

*** A panela deve ficar aberta o tempo todo do cozimento e com isso a água irá evaporar. Marque na panela o nível da água no inicio do cozimento e reponha a água conforme ela for baixando.

Essa é uma receita básica. O legal do caldo de vegetais e poder aproveitar restos que você não usaria em um prato, mas que podem se transformar em caldo. Depois que eu ganhei mais experiência em fazer os caldos eu passei a fazer a minha própria receita usando todos os restos de cortes de vegetais, incluindo cabos e folhas, que eu vou congelando e quando tenho uma boa quantidade eu descongelo e utilizo só incluindo alguns vegetais básicos como cebola e cenoura. No meu último caldo eu utilizei cabos de cogumelos, cascas e polpa de pepino e de abobrinha, pontas de tomates que não entraram no molho, salsão que eu não ia usar e antes de estragar eu congelei, pontas de rabanete, cenouras e beterrabas. Incluindo ai cascas também bem lavadas. O que não pode ser colocado são batatas ou similares, porque elas tem amido e turvam o caldo.

Fazer caldo em casa também é aproveitar alimentos e contribuir para o não desperdício.

Aqui tem um vídeo do programa MasterChef mostrando como fazer caldo de vegetais. Eu coloquei aqui o vídeo não só para ilustrar como fazer o caldo, mas também para mostrar que exitem diferentes receitas.

[sgmb id=”1″]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>